A Oremi atua no planejamento, implantação, desenvolvimento e avaliação dos aspectos relativos aos seguintes segmentos:


  • Empreendedorismo

  • Processo pelo qual indivíduos iniciam e desenvolvem novos negócios, usando de habilidades como a apropriação e a gestão dos recursos humanos e materiais. Percebendo e explorando as oportunidades que surgem no mercado, o empreendedor emprega práticas e estratégias com uma visão de criar, desenvolver e implantar resoluções, atendendo às necessidades que envolvem a prosperidade da empresa e do ambiente no qual ocorre o empreendedorismo. Em empresas novas ou já há algum tempo estabelecidas, é o fator que permite que os negócios sobrevivam e prosperem num ambiente econômico de mudanças.


  • Planejamento e Gerenciamento de Projetos

  • Ações referentes às etapas específicas da implementação de um projeto em determinado negócio. Engloba o estudo da metodologia e da estrutura dos projetos, a identificação de competências e recursos requeridos, a análise e a gestão de riscos e estimativas, o desenvolvimento de indicadores e diretrizes que monitorem o alcance dos objetivos desejados e a aplicação dos métodos de gerenciamento necessários, entre outros aspectos. Tais atividades são importantes para a eficácia na implementação de projetos dentro de diversos empreendimentos.


  • Gestão da Inovação na Organização

  • Metodologia estratégica planejada e contínua, que permite novas formas de criar valor e prever demandas e tendências. É uma ferramenta que torna possível a identificação de oportunidades tecnológicas, sociais e de mercado, a partir das quais serão utilizadas novas idéias para melhorar os processos produtivos e atuar na diferenciação dos produtos e serviços de determinada empresa. As organizações que mantém um processo de Gestão da Inovação passam a realizar inovações de forma mais eficaz, com menores gastos e maior segurança.


  • Incubadoras de Empresas

  • Estrutura específica, cuidadosamente implementada para incentivar e proteger o desenvolvimento inicial de novas empresas, oferecendo infra-estrutura de apoio estratégico e gestão do empreendimento durante um determinado período; empresas já consolidadas que desejam desenvolver parte de um processo ou produto também podem ser beneficiadas por este tipo de serviço. As incubadoras permitem um ambiente encorajador, com a efetiva transformação de resultados de pesquisas em produtos e serviços, além da conseqüente ampliação das possibilidades de sucesso.


  • Parques Tecnológicos

  • Ambientes gerenciados com o objetivo de promover pesquisa e inovação tecnológica, bem como estimular a cooperação entre instituições e empresas. Fornecendo o suporte necessário ao desenvolvimento de atividades empresariais, como ações de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), apoio administrativo, gestão estratégica, treinamento, acesso a financiamentos, consultoria em propriedade intelectual e incubação de empresas, os Parques Tecnológicos estimulam a cultura da inovação, a competitividade, a criação e o crescimento de empresas, agregando-lhes conteúdo e incentivando o fluxo de conhecimento.


  • Arranjos Produtivos Locais

  • Aglomerações de empresas que atuam em torno de uma atividade produtiva principal, localizadas em um mesmo território. Elas apresentam especialização produtiva e mantêm algum vínculo de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais tais como governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa. As ações referentes aos APL´s visam promover a competitividade e a sustentabilidade dos empreendimentos inseridos em sua configuração.


  • Sistemas de Inovação

  • Conjuntos de agentes econômicos, políticos e sociais, existentes em uma mesma área geográfica e que desenvolvem atividades econômicas correlatas. Tais sistemas geralmente incluem empresas e demais organizações voltadas à formação e treinamento de recursos humanos, informação, pesquisa, desenvolvimento e engenharia, promoção e financiamento. As estratégias aplicadas aos Sistemas de Inovação ocorrem em termos de organização interna das empresas, relação entre elas e as instituições, papel do setor público e das políticas públicas, montagem institucional do setor financeiro, intensidade e organização de P&D, entre outros.

      Website Desenvolvido Pela UNU Soluções